(19)99785-9737

NO AR

ALÔ DA MUNDI

Com PAULO CÉSAR (PAULINHO ET)

Brasil

Cuidado: Pirassununga está prestes a sofrer mais uma epidemia de dengue

Publicada em 14/01/20 as 12:35h por fmmundial


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: fmmundial)

Pirassununga está prestes a sofrer mais uma epidemia de dengue. De acordo com dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica, a situação no início do ano de 2020 se tornou crítica e pode evoluir para uma situação insustentável. Em 2019 foram 261 casos de dengue registrados. O que ocorre, porém, é que somente na primeira semana de janeiro de 2020 foram seis casos positivos confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde, número considerado excessivamente alto.

Segundo a médica veterinária Dra. Edilene Cristina Furlan Franco de Oliveira, em entrevista ao programa Mesa Redonda da Rádio Mundial FM, o índice de Breteau, que – define a quantidade de insetos em fase de desenvolvimento encontrados nas casas – será acima de 10, quando o recomendável é abaixo de 1.

Isso significa que, se a população não tomar as providências necessárias de limpeza no interior dos imóveis e até quanto ao depósito de materiais em terrenos, a situação poderá evoluir para o pior cenário já enfrentado em Pirassununga, no ano de 2015, quando foram quase 5 mil casos de dengue e cinco óbitos.

Ainda de acordo com Dr. Edilene, o vírus circulante em Pirassununga neste ano deverá ser o tipo 2, que é mais virulento. Nos anos anteriores, foram detectados os vírus tipo 1, 3 e 4.

A Prefeitura Municipal não realizará mutirões ou campanhas de recolhimento, mas faz visitas nos bairros, em residências com a finalidade de recolher esses materiais quer possam acumular água. As denúncias podem ser feitas diretamente na Secretaria Municipal de Saúde, na Rua Siqueira Campos, setor de Vigilância Epidemiológica.

Cuidados
A melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada que podem se tornar possíveis criadouros, como em vasos de plantas, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia - quando os mosquitos são mais ativos - proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser uma das medidas adotadas, principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção para aqueles que dormem durante o dia, como bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos.

Os casos
No Brasil, em 2019, foram mais de 1,5 milhão de pessoas infectadas com a dengue, com 782 óbitos. No estado de São Paulo foram 400 mil casos com 263 óbitos. Em alguns municípios do interior, Campinas teve 25 mil casos e Ribeirão Preto 13,9 mil casos.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Instagram
 Youtube
 Facebook
 Twitter







.

LIGUE E PARTICIPE

(19) 3561-2200

Visitas: 160494
Usuários Online: 68
Copyright (c) 2020 - fmmundial